terça-feira, 8 de janeiro de 2019

Reunião de Piedade e Almoço de Reis 2019


Novo ano, vida nova e velhas tradições. Como de costume, a Reunião de Piedade do Agrupamento de S. Dâmaso do CNE do mês de Janeiro é animada pela FNA, que também assegura o pequeno almoço para todos. No final da Eucaristia, cantamos os Reis à nossa comunidade paroquial, que fica em peso para nos ouvir. E modéstia à parte, valeu bem a pena pois a musica e letra feitas pelo Matos estão muito bonitas e nós cantamos e tocamos muito bem.

No final, também como já se tornou tradição, o Núcleo oferece o almoço aos associados e aos Dirigentes e caminheiros do nosso Agrupamento, enquanto as nossas famílias são convidadas e bem-vindas. É sempre um momento muito bonito e bem vivido em autentico espírito de família.





Até à próxima.

sábado, 22 de dezembro de 2018

Luz da Paz de Belém


A cerimónia regional da Luz da Paz de Belém este anos teve lugar em São Torcato e foi no dia 19. De S. Dâmaso estiveram presentes os Chefes Bento, Alexandra Paula e Marquito e pels FNA o Ginho, Melo, Ricardo e Susana bem como os lobitos João Pedro e Miguel, que se portaram muito bem.


Presidida pelo nosso Arcebispo, D. Jorge Ortiga e com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Guimarães, bem como muito outros convidados ilustres, a cerimónia foi muito bonita e carregada de emoção, numa igreja cheia de escuteiros, com muitos Núcleos da FNA presentes.


E com esta cerimónia carregada de significado, fechamos o nosso ano de 2018. Que 2019 nos traga muitas e boas atividades. Boas Festas.

Até à próxima.

35º aniversário do Núcleo de Joane


Na manhã do dia 9 de Dezembro o Ginho, o Melo, a Berta, a Cátia, o Virgílio, o Ricardo, a Susana e os lobitos Miguel e João foram a Joane para as cerimónias de comemoração do 35º aniversário do Núcleo da FNA.


Desfile com visita ao cemitério, Eucaristia com cerimónia do Compromisso de novos associados, sessão solene no salão paroquial e lanche com bolo de aniversário fizeram uma festa bonita. Parabéns aos nossos irmãos do Núcleo de Joane, que são uns gajos porreiros.

Até à próxima.

Ceia de Natal


A Ceia de Natal da grande família dos escuteiros de S. Dâmaso realizou-se no dia 8 de Dezembro e juntou algumas centenas de pessoas nos Trovadores do Cano. Estiveram presentes o Presidente da Junta da Oliveira, o nosso amigo Porfirio, o Chefe Berto a representar da Junta de freguesia de Azurém e a Chefe Silvina foi a representante da Junta de Núcleo de Guimarães do CNE. Com o Jominho a representar a FNA, a Ângela como Chefe do Agrupamento e o Padre Domingos como nosso pastor, ficou completa a mesa VIP. A festa foi muito bonita, com destaque para uma peça em sombras chinesas apresentada pela 2ª secção (ou seria pela 3ª?), a comida estava deliciosas e a decoração espectacular, com destaque para o Presépio e para a árvore de Natal, tudo feito em madeira num formato muito original. De referir que a Berta ganhou o grande cabaz de Natal deste ano. Sortuda do caraças!!! Parabéns para os nosso irmãos do nosso Agrupamento do CNE e Boas Festas para todos.






Até à próxima.

Inaguração da sede da Plataforma Madre Teresa de Calcutá


No dia 1 de Dezembro a Cátia e a Berta representaram S. Dâmaso na cerimónia de inauguração da sede da Plataforma Madre Teresa de Calcutá, em Ponte. Este é um projeto muito bonito de inclusão no escutismo de pessoas com vários graus de trisomia 21, com o qual a FNA tem colaborado em diversos momentos e de variadas formas. A cerimónia contou com a presença do Chefe Nacional do CNE, Ivo Faria, bem como do Chefe de Núcleo, Ernesto machado, do Presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Domingos Bragança e outros dignitários, além de muitos escuteiros.


Até à próxima.

sexta-feira, 21 de dezembro de 2018

Acantonamento de Inverno 2018


Por influência do Armando, o nosso Acantonamento de Inverno deste ano foi na Foz do Neiva, a 1 e 2 de Dezembro, numa "cabaninha" muito agradável, com sala, cozinha, camaratas e balneários, pertencente aos missionários combonianos.  Além do dito cujo Armando, fomos o Jominho, o Ginho, o Maia, o Melo, o Virgílio, o João Marques e o Ângelo. Depois de nos instalarmos, começaram de imediato os preparativos para o almoço, que constou de bacalhau na brasa com batatas e respetivo azeite, ovo, cebola e alho. Estava tudo muito bom apesar de o Jominho ter deixado, como de costume, esturricar o bacalhau, enquanto se distraía a jogar chincalhão. Depois do almoço fomos dar a primeira voltinha a pé, começando na Foz do rio até Castelo do Neiva, através das dunas e da praia. O pior foi no regresso quando o Ângelo nos veio receber cá fora e deixou bater a porta com a chave lá dentro. Depois de um primeiro momento de pânico, com o Ângelo quase a chorar, lembramo-nos que a porta lateral talvez não tivesse os pedrezes fechados, o que se confirmou e depois de forçar um bocado, com o Ginho a segurar. o Virgílio conseguiu meter a mão e com uma pedra levantar o outro pedrez e abrir a porta. Ficamos safos!













Já de digestão feita, lanchamos enquanto se preparava o jantar, que seria caldo verde e castanhas cozidas, mais o lanche que se estendeu por aí fora. E mais uma vez se provou que já não somos o que éramos. Desta vez foi o Maia, que começou a ficar muito amarelinho, teve que se deitar e não passou sem deitar a carga ao mar. Já não jantou nada e foi dormir à hora das crianças. Pelo menos tivemos um jantar sossegadinho, sem malagueta. O serão foi passado a jogar cartas com o Ginho a revelar as suas qualidades extraordinárias na sueca, com jogadas tão caóticas que instalavam o pânico entre os adversários e que o seu parceiro, o Virgílio não conseguia entender tendo que se adaptar constantemente às tácticas inovadoras. Resultado: vitória esmagadora da dupla Ginho e Virgílio. Quem sabe, sabe!

Noite descansada, até porque o Ângelo ficou na camarata mais pequena, todinha só para ele, e depois do pequeno-almoço, nova caminhada, desta vez para o lado contrário subindo a montante do rio. Apesar de tentarmos, nunca conseguimos atravessar para o outro lado mas foi um passeio bonito e sossegado. Depois foi só acabar de preparar um belo arroz de cabidela para o almoço e arrumar tudo, com um regresso seguro e sereno, a tempo de ver o Vítória, que jogava às 17h00.





Até à próxima!

Festa de S. Nuno 2018


A Berta, a Susana, o Maia e o Melo representaram o nosso Núcleo na Festa de São Nuno, que este ano foi organizada e acolhida pelo Núcleo da Póvoa de Varzim. Com muita chuva, correu tudo muito bem, estava tudo muito bonito, mas nós não ficamos para o almoço, que não nos dava jeito nenhum.

Já agora, este post está fora do sítio pois pela data deveria ter sido publicado mais cedo, mas como agora dá mais trabalho tentar corrigir do que o que vale, fica assim,. Quem não gostar que venha cá fazer o trabalho!

Até à próxima.

quinta-feira, 20 de dezembro de 2018

ACAGRUP DE S. DÂMASO


No fim de semana de 3 e 4 de Novembro realizou-se o Acagrup de S. Dâmaso, para o qual estamos sempre convidados mas que este ano teve um carácter especial pois foi o arranque oficial das comemorações do 50º aniversário do nosso Agrupamento do CNE, que celebrará as bodas de ouro em Junho de 2019. 

Assim, todo o programa do acampamento andou à volta das comemorações e por isso também se realizou na nossa "casa", o Campo de S. Mamede, mesmo à porta da nossa igreja.


Primeiro ajudamos a montar a torre comemorativa, que ficará durante um ano em frente à igreja.


Depois da Eucaristia solene, no final do dia de sábado deu-se o primeiro momento especial, com convite alargado a todos os ex-escuteiros que passaram pelo 331, e dos quais muitos marcaram presença. Foi apresentada uma representação animada de várias momentos, atividades ou eventos marcantes da nossa história. Foi um momento bonito e emotivo.


No Domingo, devido ao temporal que se abateu sobre a cidade, o Campo foi desmontado com a velocidade possível, tendo o almoço partilhado com os pais e amigos sido transferido para a sede dos Trovadoers do cano e aí, bvem abrigados, em quente convívio, foi dado por encerrado este primeiro ato do que será um ano pleno de júbilo e celebração. Afinal, não é todos os dias que se comemora 50 anos.

Até à próxima.

20º aniversário do Núcleo de Vermil


No dia 28 de Outubro a Berta, o Melo e o Ricardo representaram S. Dâmaso nas cerimónias comemorativas do Núcleo de Vermil. Correu tudo muito bem, estava tudo muito bom, etc. etc. Como ninguém se lembrou de tirar ao menos uma foto que fosse, a ilustração deste post é do blog oficial da Região de Braga.

Até à próxima.

quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

Atividade Nacional de Ambiente


No fim de semana de 27 e 28 de Outubro participamos pela primeira vez numa Atividade Nacional promovida pelo Departamento Nacional de Ambiente, que este ano se realizou no Fundão e que teve como objetivo reflorestar uma das encostas da Serra da Gardunha, afetada pelos incêndios de há 2 anos. O facto de ser no Fundão "chamou-nos" devido aos laços históricos que nos unem àquela cidade serrana, já que antes íamos lá de 2 em 2 anos participar nas caminhadas organizadas pelos Caminheiro da Gardunha. Além disso, a Ana Rita, que é a Presidente do Núcleo da FNA do Fundão, é filha de um dos grandes amigos do tempo da tropa de um dos nosso do grupo dos antigos escuteiros de S. Dâmaso, que numa das visitas a casa dos pais dela lhe ofereceram um chapéu de escuteiro com a fita em pele com o timbre dos antigos escuteiros de S. Dâmaso e que ela guarda ainda com muito carinho e estava em exposição à entrada do Seminário do Fundão, onde os participantes pernoitaram e onde nós chegamos pelas 3h00 da madrugada de sexta para sábado depois de uma longa e cansativa viagem cheia de nevoeiro.

E se as atividades de ambiente são assim, então queremos ir sempre!! É que o acolhimento foi excelente, a comida fantástica, as visitas de Domingo espetaculares e o convívio e amizade foras-de-série!! E o trabalho fez-se de forma responsável, consciente, adulta e produtiva, de tal forma que uma hora antes de terminar o horário previsto, já tínhamos esgotado todos os carvalhos a replantar, ou seja, 2200!!!! Foi obra e os responsáveis da Câmara Municipal do Fundão ficaram de boca aberta!!

Numa atividade com cerca de 100 escuteiros adultos de todo o país, dividimos camarata com os rapazes de Setúbal, que ficaram fascinados com a potência gasosa noturna de um dos nosso selementos (tentem adivinhar!!!). Foi bonito!

No final do almoço de Domingo, depois das longas dspedidas, e depois de um trabalhão e até algum susto para pôr o carro do Jominho a funcionar, este, o Ginho, o Maia, o Armando e o Virgílio regressaram a casa cansados mas satisfeitos com a sensação do dever cumprido.

























Até à próxima